segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

O regente esotérico SAGITÁRIO




Sagitário

Em Escorpião o ser humano aprende, através da auto-observação, o significado do apego e do desapego. A concentração da mente aplicada ao conflito. Intensidade emocional.

Em Sagitário este conflito fica longe, e graças a isto o sagitariano se sente livre, e com o poder do pensamento livre “cavalga” em prol de sua grande verdade. A liberdade da mente aplicada a um objetivo. Poder criativo dirigido.

O símbolo deste signo nos mostra um cavalo-homem com um arco que aponta com a flecha. Os poderes básicos da natureza (cavalo) estão unidos com o poder do pensamento (homem) e sua capacidade de intenção criativa (arco), inspirados pela intuição ou objetivo (flecha dirigida). A aspiração valente do todo para a “visão”.

O otimismo sempre se esconde por trás daquele que tem o objetivo claro. Não há dúvidas nem temores, e sim uma forte intenção de utilizar e orientar todas as forças implicadas em prol dos “desejado - pensado”.

A casa IX é a casa de Sagitário, o lugar divino, onde a Mente de Deus se faz presente no Homem. Isto pode ocorrer através de uma viagem evocadora, ou talvez com a leitura de um livro inspirador, ou através da capacidade de mostrar caráter espiritual, expansivo e profundo. A casa IX é a flecha do horóscopo, o lugar onde o conhecimento divino inspira a conquista da união da dualidade Homem Espiritual – Homem Animal.

O sentido da Justiça Divina é o dom do Centauro que dirige seus pensamentos para o céu, sem se esquecer de que seus pés estão no solo.




Regentes:

Júpiter: o Amor, a qualidade que expande o universo e, ao mesmo tempo, o unifica. A sabedoria que, graças à sua identificação compreensiva com o Amor, une o divino com o terreno. Júpiter é o regente exotérico de Sagitário, porque todo ser humano (qualquer que seja o seu grau de evolução) é obrigado a unificar seus “desejos” principais com as capacidades da sua natureza herdada, e é possível alcançar esta união, graças ao grande coração que Júpiter esconde.

A orientação para “um lugar” onde se alcança a unificação desejada está sempre presente em Sagitário. O lugar dependerá do tipo de consciência que motiva o objetivo. Uma pessoa terá a necessidade de alcançar certa união através de experiências sensuais, e outra talvez deseje conquistas intelectuais ou a obtenção de percepções espirituais…. não faz diferença, o importante é a confiança que Júpiter concede, já que O une através “da verdade de um desejo”. Em sua qualidade, o poder do pensamento está perto do coração, e esta proximidade produz realidades.




Terra

Para toda consciência com uma orientação mais básica ou materialista, seus desejos estarão dirigidos à obtenção de experiências físicas - emocionais – mentais, unindo e aperfeiçoando com isso os diferentes aspectos da própria personalidade. Com esta atitude, a relação com o entorno do planeta Terra é antes interessada, pouco sensível ao ambiente, atitude egocêntrica.

Para uma consciência sagitariana mais orientada para os mundos subjetivos ou espirituais, sua aspiração, (desejo sublimado pelo poder da Flecha), é poder ter uma experiência equilibrada entre seu mundo subjetivo e o mundo objetivo terreno. Esta atitude demanda um grande respeito pelas leis que regem o planeta Terra, daí que este seja seu regente esotérico. A primeira coisa que um bom Sagitário deve aprender é que o poder que lhe outorgam sua liberdade de pensamento, intuição e visão, só poderá ser manifestado de forma satisfatória, se levar em conta as leis de expressão do lugar da experiência.


A TERRA é um planeta que tem a qualidade do III Raio (inteligência prática – matéria adaptável), portanto, todo ser vivo que nela habita deve evoluir respeitando referida qualidade. O mundo animal o faz através do instinto que o une à manada e, nas proximidades do homem, o faz obedecendo a ele com a devoção de um animal doméstico. O mundo mineral, adaptando sua rudeza inerte para que acabe expressando a preciosa geometria irradiante. O vegetal, através da adaptação sábia e generosa ao entorno, gerando harmonia e beleza. O reino humano, através da aplicação prática, do conhecimento que relaciona o divino com o material. Todos eles são exemplos de atitudes com “senso comum”, a linha de menor resistência, para expressar com naturalidade no planeta Terra o destino que é próprio a cada reino.

Na psicologia de uma consciência que avança no caminho, o livre pensamento tem um grande poder, que pode ser ofensivo e destrutivo e, para que isto não aconteça, esta consciência deve praticar a inofensividade de pensamentos, palavras e atos. Silêncio mental, liberdade responsável, compreensão do ambiente, atitudes descentralizadas, autoesquecimento, alegria “natural” ou condicionada pela Alma, ausência de crítica desnecessária, controle da palavra, discriminação entre alma e personalidade; são atitudes com senso comum (inteligentes e práticas), que relacionam com sabedoria o poder do mundo espiritual com o receptivo entorno terreno. Sem ser ofensivas, estas atitudes, aplicadas ao lugar da experiência, são criadoras de oportunidades de reflexão e crescimento tanto para a própria pessoa como para os demais.


O Homem/Mulher neste planeta estão estimulados pela necessidade de solucionar nosso conflito entro o divino e o material; para isso aprendemos a utilizar o poder da mente, através do conhecimento aplicado de forma inteligente e prática, conquistando assim a experiência que, com o tempo, nos traz a expansão da consciência.






Frase para a Alma:

Eu vejo a meta, Eu atinjo esta meta e, então, vejo outra”


Nesta frase fica claro, a confiança e o poder de expansão deste signo. Mas sem esquecer que para avançar para o que está longe, primeiro é preciso proteger o que está mais perto.



                           A personalidade purificada, graças aos conselhos (metas) da Alma, é cada vez menos exigente para suas coisas, demonstrando com isso conhecimento inteligente ….

                           .... pouco a pouco ....

                                                  …. Sagitário é um todo, o Cavaleiro com cavalo Branco que percorre os caminhos expressando a justiça do Seu Amor.







Astrologia

Talvez, para entender melhor o que foi dito com relação à função do planeta Terra, seria aconselhável raciocinar de uma vertente puramente astrológica.

A Terra, em um horóscopo, está situada no signo oposto ao signo solar, e todo oposto no zodíaco é seu complementar. Como sabemos, o Sol é símbolo das tendências da personalidade, se entendemos que a Terra é o lugar da experiência, o lugar onde podemos demonstrar conhecimento inteligente e prático, podemos pensar então que o signo onde ela (a Terra) se encontra, é o complemento ideal para as nossas tendências pessoais.

No conhecimento da qualidade do signo onde está a Terra reside a oportunidade de purificar a qualidade pessoal - solar. Portanto, se queremos enriquecer e tornar as nossas tendências pessoais do signo solar mais efetivas, devemos complementá-las com os dons do seu signo oposto.

Este exercício reflexivo que pretende unir o signo solar (personalidade), com o signo complementar onde está a Terra, (lugar de experiência), é um exercício que adquire uma dimensão mais importante para uma carta natal com ascendente em Sagitário, já que para referido horóscopo seu regente é a Terra, o planeta através do qual a Alma sagitariana pode alcançar maior integração.




Raios

Em Sagitário:
  • o Raio II de Amor Sabedoria é a sua capacidade de unir de forma expansiva e, ao mesmo tempo, incluente. A sabedoria do que ama graças à união da mente com o coração.
  • o Raio IV de Harmonia através do Conflito são as intensas inércias que gera o fato de ter o poder de unir as diferenças entre a natureza animal humana e divina. A solução deste conflito se expressa em harmonia e beleza.
  • o Raio VI de Devoção e Ideal no fato de que todo objetivo sagitariano é tomado e lutado do profundo sentimento de quem crê em uma orientação justa, merecida. O cavalo ou forma Lunar emotiva é ativado por referido objetivo. Marte está muito presente no centauro purificado. 

     
a cruz da materia dirigida




David C.M. (logos.astrologiaesoterica@gmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário