sábado, 18 de março de 2017

A carta natal de Alice Bailey








Uma interpretação esotérica do horóscopo de Alice Bailey

Como muitos de vocês devem saber, Alice Bailey foi a iniciada que escreveu, graças às qualidades ou virtudes que entesourava o elevado grau evolutivo de sua consciência, os maravilhosos, sugestivos e altamente espirituais Livros Azuis do Mestre Tibetano.
Neste artigo é nossa intenção fazer uma breve interpretação psico-astrológica-esotérica do caráter e da alma de Alice Bailey. Para isso, primeiramente faremos referências às suas particularidades mais pessoais para, posteriormente, ser possível abordarmos com mais compreensão as suas realizações mais espirituais.
Destacamos que todos os dados biográficos utilizados no artigo foram extraídos de seu livro: “Autobiografía Inconclusa” da Editora Sirio[1].


[1] N.T. Editorial Sirio, Espanha.


Horóscopo de Alice Bailey
      





Juventude (“mau-caráter”)

Sabemos que Alice Bailey quando jovem foi uma menina com uma grande Fé em Cristo com a qual mostrou grande vontade evangelizadora. Contudo, do seu aspecto negativo, também sabemos que a jovem Alice sofria de um temperamento impulsivo que a tornava muito rebelde e individualista.

Esta atitude individualista (egoísta) é uma clara referência, pelo seu aspecto destrutivo, do 1º Raio de Vontade e Poder que sabemos com certeza (por referências dela mesma ou do próprio Mestre Tibetano) que foi o raio regente de sua personalidade.

Astrologicamente Saturno em Áries (queda), assim como Marte em Leão, (dois signos portadores do 1º Raio), fazem clara referência ao poder muitas vezes negativo e irreflexivo de uma personalidade de 1º Raio com Marte na casa 1 regente de Saturno em queda.

Podemos dizer que seu aspecto impulsivo destruidor pessoal se refletiu através das tendencias de um Sol em Gêmeos, (lembremos que o signo solar  para a astrologia esotérica são as forças pessoais, a Guna Rajas produtora de atividade - paixão), que derivavam repetidamente sua força vital no característico comportamento impetuoso de um Marte em conjunção angular na casa 1 em quadratura Netuno.

Esta atitude “confusa” ou egoísta está muito condicionada pela posição de Mercúrio, o regente exotérico do Sol, em conjunção nodo sul em Câncer casa XII, dando a entender certa herança cármica negativa vinculada com mal-estar emocional.

Mesmo assim, como veremos mais adiante, o trino de Júpiter desde o MC a Marte no Ascendente é promessa de grandes conquistas. 

Necessariamente, em uma pessoa tão evoluída, esta atitude, segundo suas próprias palavras, “violenta e desagradável”, demandava um sincero reajuste.

A primeira vez que a sua Consciência ou Alma lhe propôs a oportunidade de levar a bom termo referido reajuste foi em um domingo pela manhã (30 de junho de 1895) quando teve o primeiro encontro com seu Mestre Koot Hoomi 



Naquele dia Ele me disse: 

“… que eu tinha que realizar um trabalho para o mundo, e que para isso devia mudar minha disposição, pois tinha que deixar de ser uma criatura desagradável e obter certa medida de autocontrole”, “Meu futuro para com Ele e o Mundo dependia de se era capaz de alcançar um verdadeiro autocontrole…”,  “também me disse que eu viajaria por todo o mundo e visitaria muitos países”.

páginas 32-33-34 de sua Autobiografia  (editorial Sirio)
.
Sem lugar a dúvidas, a referência às viagens, que se mostrou correta,  foi dita por Koot Hoomi para manter a “fé” ou motivar o coração de uma jovem de 15 anos que naqueles dias e pelas clássicas razões da adolescência se sentia muito infeliz. 

Astrologicamente, o desânimo que Alice sofria naquela época (1905-1906) era devido a que Saturno por quadratura e Plutão por conjunção transitavam seu Sol natal em Gêmeos, invocando com sua pressão “o momento idôneo” ou a oportunidade para implementar o reajuste acima citado da forças pessoais.

Dito por ela própria:

“comecei a deixar de pensar que não era Joana d’Arc para começar a controlar meu caráter violento-explosivo” “… controlar minha língua iracunda…”

página 34 de sua Autobiografia  (editorial Sirio).

Verdadeiramente, como não poderia ser de outra forma, a visita do Mestre despertou nela a motivação para exercitar o autocontrole.


O reconhecimento da Alma

Neste “despertar”, bem podemos dizer que Alice Bailey começou a reconhecer as qualidades de sua alma graças à descoberta e aplicação do significado de seu signo ascendente, Leão. Como sabemos, para a astrologia esotérica o signo que ascende pelo leste ao nascer é o que ilumina o caminho da Alma através da  Guna Satwa - ritmo - harmonia. Portanto, Leão, marcou a qualidade que Alice Bailey utilizou  para se conhecer com mais profundidade.

Lembremos que o signo ascendente como caminho da alma só pode ser utilizado através da mente em contraposição reflexiva com o signo solar ou o caminho mais pessoal de uma mente condicionada por seus desejos.

Assim pois, foi graças ao Leão que Alice alcançou uma mente desapegada dos desejos pessoais e mais apegada à Alma, o passo prévio para poder praticar a impessoalidade com sua inofensiva e correta palavra, justo o que o Mestre lhe pediu.

Inevitavelmente esta atitude mental condicionou, e com o tempo “pôs sob seus pés”, todas as suas tendências pessoais: 1º Raio de Poder – Saturno em queda em Áries regido exotericamente por Marte Leão casa 1 - Gêmeos/Sol regido por Mercúrio na 12 conjunção nodo sul.


A frase para uma Alma em Leão é:


“Eu sou Aquele, Aquele sou Eu”

Leão em uma personalidade egoísta se define como “eu sou”, mas, para o sentido incluente da Alma Leão se define através da identificação com o outro eu (o Aquele).  Faz-se necessário, pois (devido ao sentido incluente) a união de duas partes, e esta fusão só se pode realizar na própria consciência. A palavra-chave deste signo é autoconsciência, o lugar onde se realiza a união que inevitavelmente deriva em uma autoconsciência superior à anterior.

Recorrer às possibilidades que oferecia Leão supôs para Alice a conquista consciente de grandes cotas de aceitação, compreensão, paciência e intuição, todas elas qualidades superiores  de sua Alma de 2º Raio de Amor-Sabedoria.

Foi graças a esta atitude que seu  Sol, regente esotérico do ascendente, passou a ser regido pela “luz” de Vênus, em sua própria regência esotérica, Gêmeos, signo portador do 2º Raio.


Maturidade

Este reconhecimento crescente (graças a Leão) das qualidades de seu raio da Alma, paradoxalmente acentuou nela um sentimento que já conhecia desde muito criança, o MEDO.

Neste sentido, o medo é a dificuldade psíquica principal que deve enfrentar toda Alma de 2º Raio para avançar no caminho espiritual. Toda parte positiva tem sua contraparte negativa, sendo para uma Alma de 2º Raio o aparecimento de um caráter indeciso (medroso) devido à sua grande capacidade (parte positiva) de estudo, reflexão, auto-observação e senso de relatividade.

O poder de raciocinar de forma impessoal e incluente que tem uma Alma de 2º Raio pode ser frustrante para os anseios de ação centralizada/excludente da personalidade, e mais se é uma personalidade de 1º Raio como foi o caso de Alice Bailey. Esta tensão dual, se não for bem gerenciada (a partir da mente iluminada pela Alma) pode muito bem condicionar a ação através do medo, criando frustração e excessiva autocomiseração.

“o medo de fracasso está profundamente arraigado em minha vida….daí o profundo complexo de inferioridade de que sofro, mas que procuro ocultar em bem da obra que realizo”

 página 73 do livro “Autobiografia  inconclusa”

Lembremos que toda aquisição (acumulação) de conhecimento espiritual encontra saída natural através de sua aplicação (serviço) no entorno (família, vizinhos, grupo, sociedade) mais imediato. É no serviço, e não no excesso de conhecimentos onde a personalidade tensionada (com seus medos ou egoísmos) deve ser transmutada.

Assim, pois, através da energia do Leão, aumentou em Alice o poder de raciocinar pela autoaplicação dos conhecimentos adquiridos, (qualidade do 2º Raio), descobrindo neste processo a inestimável força curadora de seu Vênus em Gêmeos: a luz da inteligência amorosa ou compreensão aplicada a seu grande labor espiritual para a humanidade que todos já conhecemos.

Astrologicamente falando, este labor está poderosamente dignificado em seu excepcional Meio do Céu/Júpiter/Áries. A definitiva expansão de um destino vocacional aplicado com Amor e Sabedoria.


Síntese final através das Três Cruzes

Alice Bailey, através da cruz fixa (arrancando desde Leão) se relacionou com sua cruz mutável posicionada fortemente em Gêmeos. Esta união, ou melhor dizendo, inter-relação entre a consciência (refletida na cruz fixa) e a atitude vital adaptável (refletida na cruz mutável) deu essência espiritual à sua cruz cardinal, refletida principalmente em Áries/Meio do Céu, onde Saturno foi a oportunidade de uma grande destino e Júpiter o esplendor de sua grande Alma.

Em Alice Bailey, através do significado subjetivo ou esotérico do Leão, se mesclou profundamente o Amor-Sabedoria do 2º Raio de sua alma (refletido em Gêmeos-Virgem) com o Poder do 1º Raio de sua personalidade (refletido em Leão-Áries).  Os signos e raios se entrecruzam. Neste sentido, é muito significativo que Urano, (em última análise o planeta portador do 1º Raio), esteja em Virgem (2º Raio) em recepção mútua hierárquica com Júpiter (planeta portador do 2º Raio) em Áries (1º Raio).


1º Raio + 2º Raio, Leão + Geminis, ritmo + paixão,  harmonia + atividade, Alma e Personalidade integrados.



O Mestre Tibetano


Os trânsitos e progressões de uma data-chave

Como é lógico pensar, um dos dias mais importantes, por não dizer o mais importante na vida Alice Bailey, foi a tarde em que, pela primeira vez, fez contato com o Mestre Tibetano, o grande sábio que, graças aos profundos conhecimentos esotéricos e cristãos que Alice possuía e através de sua capacidade de telepatia e/ou clariaudiência, criou os mundialmente conhecidos Livros Azuis.

Ela assim narra em sua autobiografia:

“Em novembro de 1919 estabeleci meu primeiro contato com o Tibetano. Havia mandado minhas filhas para a escola e, com a ideia de ter alguns minutos para mim, saí em direção a uma colina, próxima de casa. Ali me sentei e comecei a refletir, quando de pronto me senti alarmada e prestei atenção. Ouvi o que me pareceu uma clara nota musical, emitida do céu, e ressoando na colina e dentro de mim. Então escutei uma voz que dizia: Deverão ser escritos certos livros para o público. Você pode escrevê-los. Você o fará? …, ”

página 122 do livro “Autobiografia Inconclusa”

Na carta a seguir mostramos os trânsitos (marcados pelos planetas externos em vermelho), e as progressões (pelos planetas + Asc + Mc externos em verde) para aquele importantíssimo primeiro contato.

Carta Natal + Trânsitos + Progressões



Como não poderia deixar de ser, este grande dia está bem marcado no horóscopo/relógio de Alice Bailey através dos trânsitos e progressões daquele momento, já que Júpiter e Netuno, (dois planetas muito benéficos portadores do 2º Raio), transitavam então justo sobre seu ascendente natal, o signo que marca o caminho da Alma. Assim como também por progressão, seu Sol Vênus Mercúrio cruzavam pelo ascendente, ao mesmo tempo que, por progressão, seu ascendente fazia contato com seu Urano, (o planeta que desvela os mistérios) natal em Virgem, e justo também, o MC natal progredido entrava em Gêmeos, importantíssimo signo para as almas de 2º Raio. 

Tudo isso nos sugere que para Alice, e graças a seu alto grau evolutivo, chegara o grande momento de tomar consciência, (através de Júpiter-Netuno-Virgem e Gêmeos, planetas e signos portadores do 2º Raio), do excepcional “dom” - destino que sua Alma entesourava.






Os 3 níveis da interpretação astrológica.

Não há que esquecer que em uma carta natal o papel de um Signo ou Planeta pode ser analisado de vários pontos de vista, sempre e quando o dono do horóscopo for uma consciência com certo grau de evolução. 

É evidente que Alice Bailey foi e, portanto, em seu horóscopo, o Sol (para nos centrarmos em um só ponto) pode ser visto como:

O Sol como regente exotérico de Marte em Leão casa 1 é visto como o aspecto mais ativo egoísta de sua personalidade de 1º Raio. Aqui Netuno ou o psiquismo inferior ainda não está transcendido, e Saturno, regido por Marte, exerce poder cármico desde Áries através da casa 1. 

O Sol, como regente esotérico do ascendente Leão, em Gêmeos conjunto com Vênus, é visto como a luz inteligente de sua Alma de 2º Raio. Aqui Netuno está controlado e, portanto, sua (de Netuno) é a expressão do psiquismo superior ativo, compreensão ou empatia. Lembremos que Netuno tanto é o psiquismo superior como o inferior, dependendo do nível de consciência que o rege.

Neste nível Vênus já é o regente esotérico do Sol ou o reflexo de uma mente iluminada pela Alma.

Sol como regente hierárquico da energia de Leão, velando Urano em Virgem, regido hierarquicamente por Júpiter. Urano em Virgo desvela o Cristo interno através de Júpiter, o planeta portador do 2º Raio ou Alma de Alice Bailey. O aspecto criativo espiritual de sua Alma está vinculado com Áries, onde Urano é regente hierárquico, ao mesmo tempo que é regente esotérico de sua Lua em Libra.

Observemos que neste nível 3, a Terra, como regente hierárquico de Gêmeos, está em Sagitário, regido hierarquicamente por Marte em Leão, por sua vez regido pelo Sol em Gêmeos. Um triângulo hierarquicamente fechado que nos fala de seu importantíssimo Marte, a ação, já totalmente submetido e dirigido pelo aspecto criativo da Alma.


Obrigado Alice


David C.M. (logos.astrologiaesoterica@gmail.com)

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

O Horóscopo dos Estados Unidos






A carta nacional dos Estados Unidos

Neste novo artigo é nosso objetivo refletir sobre o horóscopo dos EEUU, utilizando para isso 3 afirmações que o Mestre Tibetano faz nos livros de Alice Bailey sobre o que seguramente pode ser considerado o país mais importante da era moderna.

É muito importante para nós, o estudantes do livro “Astrologia Esotérica” de Alice Bailey, poder cotejar as afirmações do Mestre com o horóscopo em questão, já que esta comparação reflexiva nos permite aprofundar de forma mais prática e concreta nos “maravilhosos” (por serem novos) conceitos astrológicos aportados pelo livro nomeado acima.



As 3 afirmações do Tibetano

1-    Os EEUU são um país com uma Alma regida pelo 2º Raio de Amor Sabedoria e com uma Personalidade pertencente ao 6º Raio de Devoção ao Ideal.



2-    Os EEUU são um país que pode manifestar e iluminar os grandes ideais que promovem a unidade mundial, mas igualmente, também existem nele poderosas forças egoístas que promovem ideais míopes ou separatistas.



3-    No horóscopo dos EEUU Aquário exerce um papel muito destacado.



Horóscopo dos Estados Unidos da América do Norte






Reflexão/análise da carta através das 3 afirmações do Mestre

Na carta podemos bem observar em relação ao ponto 1-2 que a grande capacidade de gerar ideais dos EEUU está inscrita muito poderosamente em seu Netuno conjunção MC com Ascendente Sagitário, por ser Netuno o sentimento idealizado e o Arqueiro, o poder de focalizar a mente em uma direção: o ideal motivador

Que referido idealismo seja egoísta excludente ou generosamente incluente dependerá muito da capacidade do povo americano de gerir a frustração que traz consigo sua poderosa casa 8 em Câncer junto com sua ajustada quadratura Sol-Saturno expresando-se externamente através de Marte angular (casa 7) em Gêmeos.

Como sabemos pela astrologia esotérica, toda frustração é uma oportunidade.

Gêmeos/Urano da casa das relações, é um dos aspectos mais benignos da carta, para não dizer mais, já que Gêmeos traz consigo a energia do raio regente da Alma dos EEUU, e Urano é a “inteligência cósmica”, duas qualidades que podem alterar os egoísmos demasiado sentimentais ou centralizados refletidos em Câncer e em um Marte muito reativo (por estar na casa VII) e caprichoso em Gêmeos. Neste caso o signo dos Gêmeos junto com o clássico egoísmo de Marte estão vinculados com a expressão pessoal ou o aspecto exotérico da carta. Como sabemos toda carta pode ser analisada de dois pontos de vista, o pessoal e o da alma, embora em nosso caso sempre centremos a atenção no aspecto Alma, sabendo que o significado maior inclui o menor.

Portanto, como íamos dizendo, Gêmeos/Urano de seu significado mais esotérico pode decantar a expressão do ideal  (inscrita na casa 10 através de Netuno) para ideais mais incluentes. Se, pelo contrário, o povo americano se deixar arrastar pelo poder mais tradicionalista, apegado, orgulhoso e escuro refletido em Câncer/Sol/casa 8/Marte, os ideais que se expressarão pela casa X serão autocentrados, egoístas ou demasiado patrióticos, ideais estes que parecem mais ser o reflexo do atual presidente, mas que é claro que não são do anterior, Barack Obama. Nestes casos, temos que saber que as nações, (com sua gente), como as pessoas, são como pêndulos que bailam na dualidade, e que é bom pensar que em toda dualidade se sinaliza a oportunidade de relacionar, compreender, incluir e unificar-se com aquilo ou aquele que também é parte do próprio país ou de si mesmo.



Os signos que trazem ao nosso sistema solar o 2º Raio de Amor Sabedoria regente da Alma dos EEUU são Gêmeos – Virgem – Peixes;  e os que traem ao nosso sistema solar o 6º Raio de Devoção e Idealismo pertencente à Personalidade dos EEUU são Virgem – Sagitário – Peixes.

Se observarmos, estes quatro signos (à exceção de Peixes) estão muito presentes no horóscopo, sendo o significado de Gêmeos, a energia principal que pode decantar a tendências do horóscopo em favor do 2º Raio, regente da Alma do país. Gêmeos é a qualidade que relaciona as dualidades, e se esta atitude aberta à comunicação com o outro, que promete Gêmeos na casa 7, se impuser nos EEUU, podemos bem pensar que o grande poder de idealizar que verdadeiramente ostenta Netuno, (como regente esotérico e hierárquico de Câncer em conjunção MC), será mais descentralizado e universal.

Contudo, sabemos que para a astrologia esotérica o signo ascendente sempre marca o propósito da Alma, e neste caso o signo é Sagitário, portador do 6º Raio ou força mais pessoal egoísta dos EEUU, e temos de pensar, pois, que sua contribuição é negativa? A resposta é NÃO, mas sim que os EEUU, para aproximar a sua Alma de 2º Raio, paradoxalmente deve se aprofundar na correta aplicação da energia sagitariana tão vinculada ao 6º Raio e que em sua frase da Alma nos diz:

“Eu vejo a meta, Eu atinjo essa meta e, então, vejo outra”.

Esta frase, ao fazer referência à Alma por ser o ascendente, nos diz que o propósito da Consciência dos Estados Unidos é ter devoção ou saber se focalizar em objetivos (ideais) nobres e incluentes, refletidos em seu polo oposto Gêmeos, e que se assim não for, é claro que por trás disso NÃO está o propósito de Sagitário, e sim a tendência tradicionalista (Câncer Personalidade) de uma poderosa ambição (Sol quadratura Saturno) que utiliza obscuramente a riqueza alheia (casa 8) justificando-se através de um poderoso ideal (Netuno em casa X) regido por um débil e confuso raciocinar (Mercúrio regente exotérico de Virgem/Netuno em casa 8 oposto a Plutão) condicionado por uma tradição patriótica (Câncer) egoísta e caduca.

De fato, e em favor de Sagitário, observemos bem como tanto a linha de seu regente esotérico, (a Terra), como a de seu regente hierárquico, (Marte), passam por Gêmeos.

-         A Terra, regente esotérico de Sagitário, está em Capricórnio, regida esotericamente por Saturno em Libra, por sua vez regido, também esotericamente, por Urano em conjunção angular em Gêmeos.

-         Marte, como regente hierárquico de Sagitário, está em Gêmeos.

  

Portanto, Sagitário (o propósito da Alma) através de seus regentes adquire um matiz geminiano, ou o que é o mesmo, uma maior descentralização e flexibilidade. Diríamos que a interação Sagitário Gêmeos aporta ao propósito da Alma dos EEUU a oportunidade de poder se focalizar através de ideais (qualidade de Sagitário/6R) cada vez mais incluentes (qualidade de Gêmeos/2R).



E para finalizar com o ponto 1-2 Netuno e Virgem, ambos, duas energias, (uma mais concreta por ser um planeta e a outra mais subjetiva), que atesouram e entremesclam em seus significados tanto as qualidades do 2º Raio da Alma como as do 6º Raio Pessoal dos Estados Unidos.  Contudo, se pensarmos que os EEUU são um país com certo nível de evolução, (ao menos é esta minha impressão), é lógico supor que este cada vez utilizará mais e melhor Netuno Virgem em relação ao 2º R de sua alma em detrimento ou para o controle do sexto pessoal.

De fato, voltando às regências, e pensando em Virgem como portador do 2º Raio, Netuno em Virgem estão em recepção mútua hierárquica com Júpiter em Câncer, o planeta portador do 2º Raio, em seu signo de exaltação, e que por sua vez é o regente exotérico do Ascendente e esotérico da Lua em Aquário.

Como podemos ver, o horóscopo mostra diversas tendências, sendo as relacionadas com a Alma de 2º Raio, Gêmeos – Virgem – Netuno – Júpiter, as que mais nos interessam ressaltar através do significado do sempre importantíssimo signo Ascendente, Sagitário.





Em relação ao ponto 3 e ao papel de Aquário na carta, não cabe nenhuma dúvida do poder que ostenta a Lua em Aquário na casa 3 ou casa da comunicação.  Na verdade esta Lua ativando a cruz fixa em sua própria regência hierárquica e como regente exotérico de todos os planetas em Câncer e esotérico do esplêndido Netuno em Virgem é, sem nenhum tipo de dúvidas, uma das chaves do horóscopo.

Lembremo-nos de que a regência hierárquica é a posição intermediária,  o resultado objetivo que se manifesta da relação (mais ou menos harmoniosa) entre a Alma (esotérica)  e a Personalidade (exotérica), e neste sentido, a Lua, entendida pela astrologia esotérica como “a vontade de Deus” para expressão através da forma, materializa todo o anteriormente exposto através das qualidades aquarianas.  Poderíamos dizer que em a Lua se concentra o resultado final, a expressão do 2R da Alma dos Estados Unidos, através do serviço universal refletido em Aquário.



Como sabemos, a Astrologia Esotérica considera que as forças básicas lunares, logicamente em consciências evoluídas, velam ou ocultam a energia de 3 planetas sagrados, Vulcano – Netuno ou Urano, e que é trabalho do astrólogo chegar a saber pelas atitudes do sujeito dono do horóscopo qual dos três é o dominante na consciência.

Neste caso, quando os EEUU expressam generosidade e empatia mundial, é claro que a Lua está velando as energias de um Urano em Gêmeos. Esta atitude está vinculada com a expressão objetiva do 2º R.

Por outro lado, quando os EEUU expressam patriotismo e medo ao externo está velando um Netuno muito condicionado por Câncer. Esta atitude está vinculada com a expressão objetiva de um 6º R condicionado pelas tendências pessoais egoístas.

E também, como é lógico em todo processo dual, em certas épocas de sua história a Lua dos EEUU esteve e estará velando Vulcano, como o aspecto interno que constrói e fusiona as dualidades, atitude vinculada ao aspecto subjetivo de um 2º R de Alma.

Astrologicamente Vulcano está situado ao lado do Sol em Câncer como regente esotérico de Virgem. Vulcano, o modelador, neste horóscopo é aquela energia intermediária entre o significado pessoal de Câncer e o mais universal de Aquário que, através de Virgem, é capaz de utilizar as forças transformadoras da casa 8 para construir e fusionar uma forma (lunar) mas de acordo com as demandas, cada vez mas incluentes, que Gêmeos, com Urano + Marte como regente hierárquico de Sagitário, da Alma exige.






Os Presidentes dos EEUU  (sinastria)

Podemos pensar que se para o horóscopo dos EEUU a linha Sagitário – Gêmeos + a qualidade de Aquário é a chave, também deveria ser para os horóscopos de seus presidentes. Sem ir mais longe, se sobrepomos ambos os horóscopos, podemos observar, para citar alguns exemplos, a importância que teve para seu brilhante triunfo a Lua em Gêmeos de Barack Obama, com trino a seu Júpiter em Aquário como regente esotérico do ascendente. Assim como também do poder que exerceu na eleição do atual presidente, Donald Trump, onde seu horóscopo mostra uma lua cheia em Sagitário com Sol em Gêmeos. E para finalizar como a Nobreza do MC em conjunção Netuno Saturno em Sagitário da carta natal de Abraham Lincoln coincide com o ascendente de seu país, tal como a Lua em Aquário deste coincide com o sol e ascendente de Lincoln.



Desejamos de todo coração que esta análise reflexiva sirva para avançar no conhecimento e aplicação prática da astrologia da Alma.






Artigo escrito em Lua Cheia de Sagitário:
“Eu vejo a meta, Eu atinjo essa meta e, então, vejo outra”.
Ali onde a mente projeta seu olhar nasce a intuição, a pronta atitude de todas as partes implicadas.



David.C.M. (logos.astrologiaesoterica@gmail.com)

sábado, 17 de dezembro de 2016

Feliz Natal



 
  

Nascer
"O Natal é o nascimento do Amor através de um Menino. Se queremos que este Menino cresça, temos de cuidar do Amor que O impulsionou."
"O Amor que pertence à Alma; a energia, que com a sua flexível compreensão, organiza e une as três forças da personalidade (sensação-sentimento-pensamento), para a maior expressão do Seu Amor."
"Anjos, Família, Pastores, Reis, Animais, Estrelas... todos se dirigiram ao Nascimento, não importa a condição, porque, como Ele mesmo nos disse, em tudo e em todos reside o Amor."

Feliz Natal

                   

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O 2º Raio de Amor Sabedoria no Horóscopo






Os raios e a astrologia
Este é um extenso trabalho que procura unificar através do horóscopo a energia diretora do raio da alma com suas diferentes constelações e planetas regentes. De todo coração, desejamos que lhes sugira uma visão astrológica diferente da que é majoritariamente utilizada, uma posição mais generosa, uma atitude mental mais valente, na qual se relacionem as forças pessoais com a energia da alma, cada vez mais emergente, e sua capacidade de serviço.



O segundo raio de amor sabedoria

Em relação ao 2º Raio de Amor Sabedoria de que nos ocupamos neste trabalho* o Mestre Tibetano nos diz:

“este raio é denominado da sabedoria, devido ao seu característico desejo de adquirir conhecimento puro e alcançar a verdade absoluta. É frio e egoísta mas ama, e inativo mas possui poder, mas se possui amor e poder, então temos o raio dos grandes instrutores, aqueles que tendo alcançado a sabedoria para empregá-la em bem dos demais, se entregam por inteiro para difundi-la”.

                        Psicologia Esotérica I (“análise dos raios e sua expressão”) Alice Bailey



Este raio também é chamado de Raio do Conhecimento Detalhado, porque no detalhe está o matiz, a não generalização, a fusão através da razão incluente e sua fina compreensão. A riqueza ou matizes do Todo é Diversidade.

Poderíamos dizer que sua qualidade psicológica é levar a si mesmo ou tornar próprio o conhecimento para, mais tarde, inspirado pelo amor, compartilhá-lo. Esta é uma atitude que se retroalimenta, porque aquele que compartilha se magnetiza ou unifica de tal maneira com o outro que, como contraparte, adquire um conhecimento mais flexível ou relativo e, portanto, com maiores possibilidades de expansão.

Podemos considerá-lo, pois, o raio da instrução, educação ou pedagogia, o agradecido ato de dar ao outro do próprio saber (ser). Isto em verdade é um ato de recíproca compreensão ou sabedoria, a atitude de todo bom Mestre e Aluno.





Astrologia
Astrologicamente falando, cada um dos 7 raios chega ao nosso sistema solar através de 3 dos 12 signos do zodíaco, sintetizando-se, finalmente, em um dos 7 planetas sagrados.

Raio > Três signos > Planeta Sagrado > Terra/Humanidade

No caso da energia do 2° Raio de Amor Sabedoria, nos chega através de Gêmeos-Virgem-Peixes sendo Júpiter seu planeta sintetizador.

-        Gêmeos: é a dualidade como eixo de interação que promove a curiosidade e a relação.

-         Virgem: é a humilde introspecção que cuida e faz crescer o amor que reside no interior da matéria.

-        Peixes: o aspecto simpático emotivo, a sensibilidade psíquica entendida como a identificação e união com “o outro”.

Relação – Reflexão - Unificação

Observemos bem que não há signos de Fogo nesta tríade, dando a entender que as qualidades deste raio não precisam de atitudes mentais voluntariosas ou de um intelecto forte, mas sim de um saber flexível e expansivo (Júpiter).

Em Júpiter se sintetizam as qualidades principais deste 2º raio de Amor Sabedoria, sendo este, como todos os astrólogos sabem, o planeta do Mestre, “Guru”, a Expansão, Generosidade, Grandeza, Otimismo…, aquela atitude que vai mais além de uma razão intelectual. A qualidade do 2º Raio/Júpiter na Alma é a expressão generosa do próprio saber, a sabedoria agradecida, a realização incluente, o mestre sábio, a unidade na diversidade ou coração abarcante.

Em definitivo, e psicologicamente falando, a qualidade deste raio através do profundo estudo permite levar para “o si mesmo” o conhecimento adquirido, deixando de lado o aspecto intelectual do mesmo, e alcançando assim uma regra espiritual de vida que atrai para si a intuição e a verdadeira sabedoria; isto dá o “dom” de falar, instruir ou fazer pedagogia a partir do Coração.





O 2º Raio de Amor Sabedoria no Horóscopo.
Sabendo disto podemos pensar, sem medo de erro, que referidos 3 signos (Gêmeos – Virgem – Peixes com suas regências principais) junto com Júpiter serão os pontos-chave no horóscopo de qualquer indivíduo que se dedique com constância firmeza e êxito a instruir, educar ou ensinar aos demais aquilo que eles mesmos já são. Esta atitude fala por si mesma de uma consciência evoluída, uma atitude não sobressaltada pelos avatares pessoais, mas dedicada por completo a uma vocação que se vive desde o coração.


Exemplos para o estudo

Para uma compreensão prática e astrológica do até agora exposto apresentamos 12 horóscopos de personalidades (mestres esotéricos, grandes figuras da educação, ou religiosos com vocação didática) que dedicaram sua Alma a difundir de forma instrutora sua forma de entender a Vida. São exemplos eminentes em seu campo de expressão, já que é estudando os casos excepcionais que podemos avançar no aprendizado desta nova astrología.

O olhar contemplativo

Antes de passarmos para os exemplos, pedimos olhar as cartas com amplidão de visão, isto é, sem buscar os detalhes que nos falem dos defeitos ou virtudes de suas personalidades, e sim com aquela atitude contemplativa que permite intuir a essência do horóscopo ou a Alma de seu dono.

Também é muito importante, uma vez localizados os três signos, atender as linhas regentes principais, já que ante a dualidade ou dúvida as regências (sobretudo a hierárquica) têm a última palavra. As tabelas das diferentes regências e seu significado estão expostos no final do artigo.




12 Exemplos:
Para ampliar a carta natal facer duplo click sobre ela.

Instrutores Esotéricos:

Nos casos de Alice Bailey e Vicente Beltrán estendemos um pouco mais a reflexão como agradecimento ao importantíssimo valor que para nós têm seus ensinamentos.

Alice Bailey (Mestra Esotérica)
Na carta natal desta excelente mestra esotérica podemos ver que o poder principal está em Gêmeos + seu regente esotérico Vênus junto ao Sol como regente esotérico do ascendente Leão.
Observem também que pela linha de regentes hierárquicos, (a mais importante para consciências evoluídas), Gêmeos está regido pela Terra, situada em Sagitário, onde seu regente hierárquico é Marte em Leão que nos remete novamente ao Sol em Gêmeos.
Por outro lado, Urano em Virgem exerce também um papel muito importante ao ser regente hierárquico de seu poderoso MC em Áries, e o regente esotérico de sua Lua em Libra.
Júpiter em MC é por sua dignidade angular, com permissão de Vênus/Sol, o planeta mais importante da carta. 
Sabemos, graças ao Mestre Tibetano, que Alice foi uma Alma de 2º Raio com Personalidade de 1º Raio.
O 1º Raio chega a nosso universo através de Áries – Leão – Capricórnio, e na carta natal de Alice Bailey Áries/Leão estão muito presentes dando a entender que a personalidade de 1º Raio de Alice pode expressar com êxito o propósito que trazia sua consciência ou Alma de 2º Raio.
Observemos bem como ambos os raios se entremesclam na recepção mútua hierárquica entre Júpiter em Áries e Urano em Virgem, e o que é mais importante e definitivo é ver como o regente hierárquico de Leão (o sol) está em Gêmeos, dando a entender que o 1º Raio (personalidade) proveniente de Leão encontra ancoragem em Gêmeos (2º Raio), a Alma de Alice.
A Terra em Sagitário como regente esotérica deste signo e hierárquica de Gêmeos exerce um papel importante. Através de Gêmeos-Sagitário-Virgem nos chega ao sistema solar a energia do 6º Raio de Devoção e Ideal, e no caso de Alice, sua presença, embora menor, nos fala de uma certa capacidade de crer ou sentir (6º Raio) por um ideal-mestre que lhe permitiu motivar e dirigir seu Amor-Sabedoria (2º Raio). Não vamos nos esquecer que Alice Bailey na juventude foi uma grande captadora de “incrédulos”, mostrando fervorosa fé por Cristo e Seu ideal evangélico.


Vicente Beltrán Anglada (Mestre esotérico)
No horóscopo deste grande iniciado, a presença dos três signos de 2º Raio é clara, estando os três ocupados por planetas muito dignificados.
As linhas regentes a ter em conta são várias, mas talvez as mais importante é que seu importante Urano angular em dignidade exotérica (Aquário), esteja regido hierarquicamente pela Lua em Virgem e esotericamente por Júpiter em Peixes.
Vênus, planeta chave para Gêmeos, está em Touro, dando a entender que o matiz taurino foi muito importante para Vicente. Mas observem como a regência hierárquica de Touro nos retorna a Gêmeos através de Vulcano, que sempre há que situá-lo ao lado do Sol.
Por outro lado, a dignidade e o bom sentido psíquico que apresentam Netuno em Câncer (casa 12) e Júpiter em Peixes (casa 9) em trino aplicativo, nos fala muito claramente de suas poderosas capacidades astrais que o próprio Vicente nos especifica em alguns de seus livros.


Roberto Assagioli (Mestre/Psicólogo esotérico)
Sabemos por palavras do próprio Mestre Tibetano que Assagioli foi uma Alma de 2º Raio com personalidade de 4º Raio.
Não é difícil detectar a grande importância que exercem em seu horóscopo os três signos portadores do 2º Raio Gêmeos/Virgem/Peixes junto com  Júpiter dignificado.
Por outro lado, também podemos ver como os signos portadores do 4º Raio (Sagitário/Touro/Escorpião + Mercúrio) através de suas diferentes regências se entremescla poderosamente com o 2º Raio, mas pensamos que o poder que mostram Peixes/Sol + Virgem/Lua definitivamente dão a razão ao 2º Raio.
Alice Bailey em sua autobiografia nos diz que quando Assagioli entrava nas reuniões grupais “sua presença a tudo iluminava”,  astrologicamente este “dom” está refletido em seu Sol conjunção MC oposto ou uma poderosa lua cheia em seu próprio signo esotérico (Virgem) como regente exotérico de seu ascendente Câncer. Uma Lua cheia dignificada é sempre reflexo da luz do Sol ou Alma. 





Instrutores Religiosos

Dalai Lama (Instrutor Budista)
A estrutura do horóscopo do Dalai Lama é muito similar a de Roberto Assagioli, embora neste caso há que destacar o poder que exerce Netuno desde Virgem como regente esotérico e hierárquico de seu Sol e Ascendente em Cáncer.
Júpiter, regido hierarquicamente por Mercúrio em Gêmeos, mostra grande dignidade em casa V em trino com Câncer/Sol/Asc e Peixes/Saturno/MC.


Santo Agostinho (Instrutor cristão)
No mapa natal de Santo Agostinho, Urano em Gêmeos ascendente é seu planeta mais importante. Urano está em recepção mútua esotérica com Vênus, e hierarquicamente é o diretor de sua Lua em Áries.
Conseguir entender a partir do ascendente Gêmeos/Urano a oposição Lua-Vênus quadratura em T com Netuno é uma das chaves psicológicas desta carta.
Por outro lado, a poderosa e cerrada relação Leão – versus – Escorpião, com Marte implicado, está muito ressaltada na carta, (sabemos das grandes reflexões de Santo Agostinho em relação a suas tormentosas paixões e sentimentos de culpa na juventude), embora, pela angularidade de Júpiter com sextil aplicativo a Urano em Gêmeos e o trino aplicativo que o sol exerce a Plutão em Peixes, a relação (reflexão) tem tendência a resultados benignos.


Ramakrishna (Místico Instrutor de Hinduísmo Vedanta)

No horóscopo de Ramakrishna se seguimos a linha de regentes hierárquicos podemos comprovar o poder que ostentam seus planetas em Peixes. Plutão em Áries está em recepção mútua hierárquica definitiva com Urano em Peixes.
Desde seu aspecto mais místico/astral/exotérico, podemos observar uma grande nobreza psíquica em seu Júpiter exaltado em recepção mútua exotérica com sua Lua em Peixes + Netuno na cúspide do Ascendente.

Bhaktivedanta Swami Prabhupada (Instrutor fundador do movimento Hare Krisnha)
Na carta astral de Prabhupada, por linha de regentes esotéricos seu Aquário Ascendente está regido por Júpiter em Leão, regido, por sua vez, pelo Sol em Virgem e, por sua vez regido pela recepção mútua esotérica de Lua em Gêmeos e Vênus em Virgem.
Por linha Hierárquica, este ascendente Aquário está regido por Lua em Gêmeos regido pela Terra em Peixes em recepção mútua hierárquica com Plutão em Gêmeos. As referências ao 2º Raio são muito claras, o selo de seu movimento é a promoção de livros ou ensinamentos (2º Raio), embora na forma de expressão do movimento Hare Krisnha caiba destacar uma marcada tendência expressiva devocional lunar (emocional-cármica) vinculada com a conjunção Lua Netuno de seu fundador. O Bhakti yoga (6º Raio) é a base motivadora do movimento, mas o estudo e o aprofundamento (2º Raio) de certos ensinamentos hinduístas são seus livros em difusão.





Educadores ou Pedagogos relevantes:

Rudolf Steiner (teósofo fundador da educação Waldorf)

No horóscopo de Steiner não cabe nenhuma dúvida sobre o poder que ostentam Gêmeos – Virgem – Peixes, e além disso tem um Júpiter excelente regido por um Sol em Peixes.



María Montessori (Educadora)
Se seguirmos a linha hierárquica de regências, seu ascendente é Leão com Vênus, regido hierarquicamente pelo Sol em Virgem, por sua vez regido por Júpiter em Gêmeos, que por sua vez está regido pela Terra em Peixes, por sua vez regido por Plutão em Touro, onde seu regente Vulcano retorna de novo a Virgem ao lado do Sol. Portanto, Virgem é o máximo dispositor da carta.


Paulo Freire (Pedagogo brasileiro)
Na carta natal deste influente pedagogo brasileiro, embora não disponhamos de seu signo ascendente, podemos ver perfeitamente como a linha de regências hierárquica definitivamente dá razão a Virgem/Peixes. Todos os seus planetas em Leão vão parar em Virgem/Sol. E, por outro lado, Urano em Peixes é o regente (esotérico-hierárquico) da importantíssima oposição Áries /Lua /nodoSul – versus – Libra /Mercúrio /nodoNorte.
Júpiter em Virgem em sua regência hierárquica é o dispositor final de todos os planetas.

 Berta Perelstein de Braslavsky (Pedagoga argentina)
Também não dispomos da hora de nascimento de Berta, mas observando a carta podemos comprovar que seus planetas em Gêmeos são (à exceção de Câncer onde Netuno está no próprio signo), os dispositores finais de toda a carta. Pensemos que devemos situar Vulcano, o regente de Touro, sempre ao lado do Sol, neste caso em Gêmeos.
Júpiter, embora em queda, está poderosamente aspectado, não se esqueçam de que os resultados negativos da queda são aplicáveis apenas quando fazem referência aos egoísmos da personalidade.

John Dewey (Pedagogo criador da “teoria da experiência”)
No caso deste influente pedagogo, são importantíssimos Marte em Virgem como regente hierárquico do Ascendente Sagitário, Urano em Gêmeos como regente esotérico de seu Sol em Libra, e Netuno em Peixes como regente hierárquico de Júpiter em Câncer, os três em cúspide.
Por outro lado, Júpiter exaltado está muito bem relacionado, tanto por regência como por aspectos com Virgem – Peixes.









Conclusões:

-        Ter sempre em conta a importância do nível de evolução do sujeito a estudar, assim como também seus êxitos em seu campo de expressão. Somente nos casos notáveis e/ou excepcionais podemos nos ater aos resultados aqui expostos.

-        Ter muito em conta, sobretudo ante a dúvida, a linha de regência Hierárquica. Esta linha é a resultante final expressiva ou ativa da consciência (linha esotérica) que tem mais ou menos integrada a sua personalidade (linha exotérica).

-        Urano muitas vezes situado em Gêmeos (também em Virgem Peixes) tem um papel importantíssimo, como regente (esotérico e hierárquico) de planetas situados na dualidade Áries/Libra. Este poder que os regentes esotéricos e hierárquicos concedem a Urano precisamente nos fala de que estamos tratando com consciências evoluídas.

-     Júpiter pode estar muito dignificado por aspecto, signo ou casa ou por ambos os três.






Mais exemplos para o estudo

Para quem quiser aprofundar um pouco mais, convidamos a realizar um trabalho parecido com as seguintes personalidades muito influentes no âmbito do pensamento, da educação ou da instrução. Em todos eles poderão comprovar o poder dos 3 signos + regentes + Júpiter. Levem em conta que nos horóscopos onde não se dispõe da hora, o melhor é levantá-lo para as 12 do meio-dia, pois assim a lua se mantém no ponto médio das 24 horas.

Henry Giroux, Fundador da pedagogia crítica

(18 de setembro de 1943, New Haven CT, USA)

Krisnamurti, Instrutor Hindu

(12 de maio de 1895,  00h30, Madanapalle, Índia)

Eckhart Tolle, Consultor Espiritual

(16 de fevereiro de 1948, Dormuntd, Alemanha)

Deepak Chopra, Consultor Espiritual

(22 de outubro de 1946, Nova Delhi, Índia, 15.45Horas)

Carlos Norberto Vergara, Educador argentino

(6 de junho de 1859, Mendoza, Argentina)

Johann Heinrich Pestalozzi, Pedagogo reformador

(12 de janeiro de 1746, Zurich, Suíça, 16.00 Horas)

Howard Gardner, Educador de Inteligência Emocional

(11 de julho de 1943, Scranton, PA, USA)

Jose Luis Vives, Humanista Pedagogo

(15 de março de 1492 gregoriano, Valencia, Espanha)

John Loke, Pedagogo, O Valor da Disciplina

(29 de Agosto de 1632, Somerset, Inglaterra)

Comenio/Jan Amos Komensky Educador “Didáctica Magna”

(28-3-1592, Nevnice, República Tcheca)

Ferrer i Guardia Educador Libertário

(10 de janeiro de 1859, Alela, Espanha)

Manuel Ainaud Sanchez, Educação da Escola Nova

(17 de abril de 1885, Barcelona, Espanha) Seguramente Lua em Gêmeos.

Francisco Giner Rios, Pedagogo Livre Ensino

(10 de outubro de 1839 Ronda, Espanha) Urano em Peixes tem a chave.





O caso dos Swamis ou Gurus da Índia

Em relação aos chamados “Gurus”, “Swamis”, mestres em Hindu, muito conhecidos no Ocidente a partir da segunda metade do século XX, poderíamos pensar que também têm uma relação direta com o raio que nos ocupa, mas devemos dizer que em muitos deles a linha de regentes de 2° Raio se entremescla poderosamente com os signos de 4° Raio (Sagitário-Touro-Escorpião) ou de 1° Raio (Áries-Leão-Capricórnio), dando a entender que muitos deles foram almas de primeiro ou quarto raio e não tanto de segundo.

Não vamos nos esquecer de que para muitos deles seu propósito principal como almas foi trazer seus conhecimentos da longínqua Índia para a Europa, uma atitude muito vinculada com o 1º Raio de Vontade e Poder, assim como também, em muitos deles, sua forma de ensinar a seus discípulos foi outorgar “a iniciação”, mas por interação simpática, “olhar” ou “toque” intuitivo (4° Raio de Harmonia no Conflito), que por pedagogia do conhecimento aplicado (2° Raio de Amor-Sabedoria).

Facilitamos alguns nomes dos mais reconhecidos. As cartas natais para o estudo destes exemplos podem ser todas localizadas na web: Astrotheme. Oferecemos um pequeno comentário para cada caso.



Swami Vivekananda: Importantíssimo Urano em Gêmeos regente de seus muitos planetas em Áries-Libra.

Swami Sivananda: neste horóscopo se destacam com força os três signos de 2º Raio, onde há que ter muito em conta o planeta Terra em Peixes oposto ao Sol em Virgem.

Swami Narayanananda: Gêmeos Peixes estão muito ativados, mas Áries Capricórnio (1° Raio) + Escorpião Sagitário (4° Raio) também têm muito poder, sobretudo o 1° Raio.

Swami Paramananda Saraswati: neste caso há um importante Peixes onde seu regente hierárquico é Plutão em Gêmeos. Mas, por outro lado, destacam muito o poder de 1° Raio com Capricórnio Vênus Urano em MC.

Swami Muktananda: A presença dos signos do 1° Raio e do 4° Raio podemos dizer que é superior ao poder que ostenta o 2º Raio solo através de Gêmeos, mas há que ter muito em conta Mercúrio em Gêmeos como regente hierárquico de seu poderoso Escorpião, signo onde há que situar a Terra junto à Lua. 

Swami Ramdas: Importante Gêmeos com Urano em Virgem regente do Sol em Áries que, por sua vez, é o regente de seus planetas em Touro através de Vulcano. Urano/Virgem ostentam grande poder final.

Swami Prajnanpad: Gêmeos Virgem ativados, Saturno em Virgem ostenta certo poder regente, mas não o suficiente. Não se dá o ascendente.

Nisargadatta Maharaj: Em seu horóscopo podemos detectar uma forte presença do 4º Raio Touro/Escorpião com os regentes esotérico e hierárquico de seu poderoso Sol em Áries, que a sua vez nos fala de um 1° Raio.

Sathya Sai Baba: O poder que mostra o 4° Raio com Escorpião Touro Sagitário é imenso. O 1° Raio esta forte com, o 2° Raio destaca muito pouco.

Swami Yogananda: este é um exemplo claro no qual os signos e regências do 1° Raio  4° Raio destacam muito por cima do papel que têm neste caso seu Gêmeos no MC com Plutão  Netuno.

Bhagwan Shree Osho Rajneesh: o poder de 1° Raio nesta carta é muito grande, embora não possamos desdenhar do também destacado papel do 2° Raio, com Netuno em cúspide FC em Virgem, e Gêmeos ascendente em conjunção com seu regente Hierárquico: a Terra.

Swami Sri Yukteswar Giri: neste caso, sem dispor do ascendente, podemos observar um bom Gêmeos/Peixes, mas o poder de Touro, com Vulcano como regente hierárquico definitivo, dá prioridade ao 1º Raio e 4 º Raio.






Pode nos parecer que entender a astrologia assim é demasiado complexo, mas em verdade se há necessidade de respostas para a Alma não é assim; olhemos, pois, de forma generosa para as cartas natais, deixando os aspectos e casas em uma margem respeitosa de nossa mente, para assim poder estar atentos aos 3 signos principais seguindo posteriormente suas linhas regentes até com isso incluir o signo ascendente como o referente principal para o propósito da Alma.



. . . . . . .

* Em relação a este trabalho há dois mais estruturados de forma muito parecida sobre o 4º Raio e o 1º Raio publicados:

29-08-14  O IVº Raio de Beleza e Harmonia no Horóscopo.

26-11-14  O Iº Raio de Vontade e Poder no Horóscopo.

. . . . . . .



Tabela de regentes Hierárquicos Esta tabela é a mais importante para aquelas consciências que em certa medida já alcançaram uma personalidade integrada (mente+emoção+corpo físico) que pode ser utilizada pela Alma como uma unidade para a expressão dinâmica do Propósito Espiritual.

Áries = Urano

Touro = Vulcano (sempre situado junto ao Sol)

Gêmeos = Terra (sempre situada frente ao Sol)

Câncer = Netuno

Leão = Sol

Virgem = Júpiter

Libra = Saturno

Escorpión = Mercúrio
Sagitário = Marte

Capricórnio = Vênus

Aquário = Lua

Peixes = Plutão



Tabela de regentes Esotéricos Esta tabela é a mais importante a ter em conta para aquelas consciências que estão procurando integrar a personalidade através do aspecto subjetivo abstrato (luz mental) e amoroso (sensibilidade) da Alma.

Áries = Mercúrio

Touro = Vulcano

Gêmeos = Vênus

Câncer = Netuno

Leão = Sol

Virgem = Lua

Libra = Urano

Escorpión = Marte

Sagitario = Terra
Capricórnio = Saturno

Aquário = Júpiter

Peixes = Plutão


A Tabela de regentes exotéricos é conhecida por todos e é aquela que está relacionada com as capacidades pessoais mais básicas ou materiais.



David C.M. (logos.astrologiaesoterica@gmail.com)